Uma Aventura nas Idolíadas

A Arte da Maioridade, pelouro da Câmara Municipal de Ílhavo, compôs o projeto “Idolíadas”, que visa promover a arte, a cultura e a criatividade na terceira idade. Na edição de 2018, as Idolíadas reuniram a concurso vários Municípios do distrito de Aveiro, entre eles Ílhavo, Vagos, Oliveira do Bairro, Ovar, Águeda e Mira.
No passado dia 26 de maio o Município de Ovar foi representado pela Santa Casa da Misericórdia de Ovar. “A Nossa Ovar” foi o tema que deu o mote à atuação, tendo alcançado o prémio de “Melhor prova de dança e Música”.

Assim, era uma vez, um grupo de encantadoras senhoras e gentis senhores, residentes na cidade de Ovar, que num belo dia aceitaram o desafio de participar num projeto/concurso denominado “Idolíadas”.
Neste projeto a várias provas estavam sujeitos, desde performance na área da música e ou dança, um mini teste com perguntas de cultura geral, a criação de um trabalho de artes plásticas até à elaboração de um vídeo.
Esta aventura teve início num desafio e com a certeza de cumprimento dos requisitos propostos. Neste sentido, o grupo selecionou um tema colocando-o em prática.
Os ensaios iniciaram, e nestes, o grupo cantava, dançava, concretizava e abstratizava, havendo sempre boa disposição e alegria espontânea.
Assim, todo o projeto desenvolvido culminou no grande dia da apresentação, dia 26 de maio. A ansiedade esteve presente neste grande momento, porém todo o empenho compensou. Foram muitos os aplausos, em especial da claque de amigos e familiares de Ovar.

 

 

Esta aventura foi extremamente gratificante para todos, proporcionando grandes e bons momentos que irão perpetuar na memória. Estamos gratos pela oportunidade por toda a experiência que nos proporcionaram!

No dia 30 de maio todos os artistas da “Aventura das Idolíadas” marcaram presença deslocando-se até ao Laboratório das Artes do Teatro da Vista Alegre, em Ílhavo, assistindo à Gala de Encerramento.
A sessão teve inicio com a atuação de um grupo de bailarinos sénior que confirmou que a idade não simboliza tristeza nem solidão, mas sim vivacidade, capacidade e orgulho pela maior idade.
Reiterando o nosso propósito, obtivemos a distinção para o Município de Ovar, através da Santa Casa da Misericórdia de Ovar, na categoria “Melhor Interprete na Prova de Música e Dança” com a atuação da Dra. Laura Teixeira Pinto.
Finalizada a sessão solene ofertaram-nos um lanche convívio, com música e dança.

 

Viagem a Porto – São Bento

No passado dia 18 de abril comemorou-se o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios. Esta data, entre outros fins, visa promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património português.
Assim, no passado dia 23 de abril, os residentes da ERPI Casa de S. Thomé e da ERPI sede da Santa Casa da Misericórdia de Ovar, deslocaram-se até à cidade do Porto com o objetivo de conhecer a Estação de Comboios de Porto São Bento, mais concretamente a emblemática fachada de azulejos.
A viagem teve inicio na cidade de Ovar e até chegarmos ao nosso destino os nossos residentes puderam usufruir de toda a paisagem. À chegada dirigimo-nos para o átrio da estação, onde a beleza de todos os azulejos não passou despercebida. O átrio é revestido com vinte mil azulejos historiados, que ilustram a evolução dos transportes e cenas da história. Entretanto as horas iam passando e para não perder o comboio de regresso fomos até à Avenida dos Aliados para lanchar.
O dia esteve propício para todos poderem desfrutar deste passeio, porém o comboio para regressarmos a casa não esperava por nós. Desta forma, deslocamo-nos novamente para a estação de São Bento e apanhamos o comboio com destino a Ovar.
O convívio e as conversas entre o nosso grupo suscitaram a atenção dos restantes viajantes, parabeneziram-nos inclusive pela nossa motivação e alegria.

Ação de sensibilização: idosos em segurança

Constata-se um crescente número de casos de burlas contra idosos em Portugal. Sensíveis à atual problemática, no dia 26 de abril os idosos da resposta social de Centro de Dia tiveram a oportunidade de assistir a uma palestra sobre “Cuidados de segurança a ter em casa/rua e burlas”.
Esta palestra foi dinamizada pela Polícia de Segurança Pública (PSP) de Ovar pelos Agente Paulo Máximo e Agente José Cunha.
Deste modo, os agentes abordaram como principais temáticas: cuidados a ter em casa; exemplos de burlas; principais caraterísticas dos burlões e ainda deixaram o apelo aos idosos para estes denunciarem sempre que fossem alvos de burlas. No fim desta apresentação os idosos tiveram oportunidade de colocarem questões de modo a esclarecerem as suas dúvidas. Posteriormente, os agentes distribuíram panfletos sobre os cuidados a ter com a falsificação das notas e as principais caraterísticas destas para que os idosos pudessem identificar facilmente as notas falsas.
Concluiu-se a atividade com a certeza de que os nossos idosos se sentem mais seguros e que vão estar atentos aos perigos que existem no dia-a-dia.
Um agradecimento especial aos dois agentes da PSP de Ovar pela esclarecedora ação de sensibilização e pela disponibilidade demonstrada.

 

Idolíadas – A Arte da Maior Idade

No passado mês de fevereiro a Santa Casa da Misericórdia de Ovar foi convidada a representar o Município de Ovar na cidade de Ílhavo, mais concretamente no concurso das “Idolíadas – A Arte da Maior Idade”.
Para quem desconhece este projeto, as Idolíadas são uma iniciativa da Câmara Municipal de Ílhavo, que visa reunir idosos de várias instituições, de diferentes municípios. Neste projeto os idosos são convidados a criarem trabalhos específicos nas áreas do teatro, música, dança e arte plástica.
Assim, a Santa Casa da Misericórdia de Ovar, em conjunto com os restantes municípios a concurso, foi sujeita a uma votação para conhecer a prova que iria ter de apresentar no espetáculo final. Entre teatro e musica/dança foi-nos sorteada a segunda opção.
Desta forma, os preparativos e ensaios para este grande desafio iniciaram imediatamente no mês de março e desde então os nossos idosos já participaram em variados workshops temáticos.
Até ao dia da atuação final, que será no próximo dia 26 de maio, o grupo irá continuar a ensaiar com muito empenho e alegria, danças e cantorias, que assim nos vão fazer brilhar.

Tarde animada com a atuação do grupo coral da ERPI

No dia 24 de abril os idosos da resposta social de Centro de Dia receberam o grupo coral sénior da Estrutura Residencial para Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Ovar. Este grupo é constituído por 14 idosas e é dirigido pela Animadora e pelo voluntário do ateliê de música, o Sr. Delfim Lima.
Este espetáculo iniciou com a leitura de um poema escrito pelo voluntário onde enaltecia os idosos e os benefícios da música para eles. Após este momento, o coro fez uma excelente atuação cantando músicas tradicionais portuguesas. Esta foi uma tarde muito alegre onde prevaleceu a animação e o convívio intrageracional. Por fim, queremos agradecer a todos os elementos do grupo coral da ERPI, em especial ao voluntário Delfim Lima!

Participação no BioBlitz 2018 (escolas) – Serralves

No dia 16 de abril de 2018, as crianças do Pré-Escolar da Santa Casa da Misericórdia, participaram no programa Bioblitz no parque de Serralves.
As crianças tiveram a oportunidade de explorar a biodiversidade de forma lúdica e participativa, através de oficinas cientificas e pedagógicas, saídas de campo e jogos.
As salas 7,10,11 de uma forma dialogada e dinâmica exploraram a temática dos morcegos. Já as salas 8 e 9 optaram pela temática dos repteis.
As oficinas nas quais as crianças participaram permitiram despertar a sua curiosidade e interesse pela preservação e conservação das espécies.
Para quê mais palavras se as imagens falam por si!

 

Exposição de Vira Ventos “O Mundo Gira”

De acordo com o Plano Anual de Atividades e sob a temática “O Mundo Gira” solicitou-se às famílias das crianças que frequentam as Respostas Sociais de Creche e Pré-Escolar que elaborassem um vira vento em conjunto com o seu educando.
Revelou-se uma grande adesão por parte das famílias que criativamente deram asas à sua imaginação, utilizando diferentes materiais, tais como: cortiça, madeira, plástico, goma eva, fitas de embrulho, botões, canas, palhas, garrafas de plástico, entre outros.
Os vira ventos estão expostos no jardim da Santa Casa da Misericórdia enchendo o mesmo de cor, alegria e movimento.